Livros de Areia

segunda-feira, 10 de julho de 2006

Numeritos turcos e galegos

Para compreender porque os números também contam nisto de fazer livros e criar uma rede cultural, aqui (via Canhões de Navarone) e aqui. A Galiza (que não é sequer um estado reconhecido como tal pela comunidade internacional) e a Turquia (à qual faltam, aparentemente, "qualidades" para estar, com Portugal, na UE) dão o exemplo, afinal apenas um de muitos que podem envergonhar-nos.

2 Comments:

Blogger Luís Rodrigues said...

Ainda assim, acho que o 24 Horas vende mais 42.000 exemplares do que devia . . .

De resto, tristes tristezas. Nem contando com os leitores "perdidos" para a Internet (como eu), conseguiríamos números semelhantes aos dos galegos.

7:38 da manhã  
Blogger Maria Costa said...

Deambulações,interessantes. Voltarei.

4:21 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home