Livros de Areia

sexta-feira, 5 de janeiro de 2007

José Luís Peixoto leu e gostou

Nunca nos passou pela cabeça que, no mês e meio em que
O pássaro pintado esteve à venda no ano passado (saiu a 16 de Novembro), um autor tão ocupado e requisitado como José Luís Peixoto - ainda para mais com novo e badalado romance nas montras - tivesse tido tempo para ler o livro de Kosinski. Foi o que aconteceu, pelos vistos, e ao ponto de ele ter gostado tanto que o colocou na sua lista pessoal dos melhores livros editados em 2006, que, entre outras escolhas, o Mil Folhas publicou hoje. Se não fosse piroso, faziamos uma vénia. Ainda assim, coramos com a surpresa e esperamos sinceramente que continue a gostar.

2 Comments:

Anonymous Nuno Santos said...

Mais um link:http://www.leitura.gulbenkian.pt/index.php?area=rol&task=view&id=9295

2:45 da tarde  
Blogger Livros de Areia said...

Nuno, esse é um documento histórico! :) É a ficha de leitura da tal edição da Ulisseia que foi corrida do mercado pela censura Salazarista/Marcelista. Não estaremos no melhor dos tempos, mas é bom saber que as coisas mudaram nesse sentido.

3:11 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home